quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Silence Lies Fear: A estrela que nasceu do Azerbaijão.



Silence Lies Fear, uma banda que conseguiu ganhar o amor das pessoas do mundo do metal com seu Melodic Death Metal muito bem feito, a arte da Entrevista é o novo trabalho da banda que é intitulado "Future: The Return", um excelente trabalho que deixa ainda mais impecável o mundo do Melodic Death Metal.




Caterine 1: Olá, Silence Lies Fear! Em primeiro lugar, gostaria de agradecer a vocês, em nome do blog G.Grind. Vejo que muitos grupos de metalcore criarem suas bandas com "nomes longos". É quase comum neste estilo de música. Qual foi a história por trásdo nome Silence Lies Fear?

Jakhangir: Querido, G.Grind, muito obrigada por fazer esta entrevista com a gente Pensamos que estamos numa pegada mais melodic death, puxada para o modern metal, do que uma banda de metalcore. E o nome da banda foi escolhido de forma muito espontânea, a gente até não se lembra como.

Caterine 2: O logo de vocês é incrível. Como foi desenhá-lo?

Jakhangir: Obrigado! Nós também gostamos muito. Ele foi feito pelo designer russo Maxim Kobzev.

Caterine 3: Cada banda tem suas histórias sobre quando estavam em formação ainda. Os primeiros ensaios e shows e cada membro tem sua parte nisso. Vocês podem nos dizer como a Silence Lies Fear foi formada?

Jakhangir: Nossa banda foi formada em 2008 por mim e por nosso baterista Asim Rahimov. Nós estudávamos na mesma escola e escutávamos as mesmas bandas de metal, então decidimos formar uma banda, tentando tocar e compor nossa própria música. Nós nunca tivemos contamos com mais membros na SLF, porque é realmente muito difícil encontrar membros permanentes em nosso país.

Caterine 4: E sobre suas influências musicais. Como elas trabalham na música?

Jakhangir: Nós sempre amamos bandas como In Flames, Dark Tranquility, Insomnium, Light This City e todas as bandas que tocam melodic death, então decidimos que queríamos tocar melodeath ao mesmo tempo que algumas coisas de heavy metal também.

Caterine 5: O blog Encyclopaedia Metallum mostra que a Silence Lies Fear tem como temática das letras amor, sentimentos e lutas interiores. Por que escolheram escrever músicas com tais temas?

Jakhangir: Esses são temas do nosso debut, pois já no segundo, a temática é mais sobre invasão alienígena, escravidão da humanidade e a mente humana. Então, como você pode ver nós tentamos cobrir tópicos diferentes em nossas músicas. Isso é fundamental para nós!

Caterine 6: Vocês são do Azerbaijão e como a maioria das bandas do mundo, Silence Lies Fear tem músicas em inglês. Por que escolheram não cantar em sua língua materna?

Jakhangir: Inglês é a língua universal, assim todo mundo pode entender nossas músicas. 

Caterine 7: Algumas pessoas denominam esse estilo modern melodic death e algumas apenas preferem chamar de melodeath ou metalcore. Como misturar esses dois subgêneros tão bem quanto vocês fazem?

Jakhangir: Não tem realmente segredos ou algum tipo de manual para misturar estilos e gêneros de música. Apenas tente e tente de novo até que consiga o que quer.

Caterine 8: Nós pesquisamos sobre a banda e descobrimos que a Silence Lies Fear participa de alguns festivais. O que poderiam dizer sobre a cena local do metal por aí? Ela é unida?

Jakhangir: A situação com a cena local é muito triste porque nós não temos nenhuma.

Caterine 9: Alguma curiosidade pessoal que tenho é: vocês enfrentam algum tipo de preconceito ou desconfiança das pessoas por serem do Azerbaijão?

Jakhangir: Sim, algumas vezes isso ocorre, mas não nos perturba nem um pouco. Nós não estamos atrás de sucesso fácil.

Caterine 10: Há diferenças entre a Silence Lies Fear de 2008 para hoje, musicalmente falando?

Jakhangir: Sim, em ambas a partes técnicas e de composição.

Caterine 11: O álbum ‘The Storm Looming Ahead’, lançado em 2012, é uma obra prima. Eu o escutei e fiquei meio boquiaberta pela riffzera, as intros incríveis de cada faixa e pela música final terminar em sons de tempestade. Qual foi a inspiração de vocês para trabalhar num projeto tão foda quanto esse? E sobre composição, gravação e mixagem?

Jakhangir: Este foi nosso primeiro álbum full-length, então tentamos dar nosso melhor. Todas as músicas foram gravadas, mixadas e masterizadas por nosso baterista Asim Rahimov. Foi seu primeiro trabalho como engenheiro de som.

Caterine 12: ‘Future: The Return’ foi lançado recentemente neste ano e algumas pessoas o compararam ao estilo que faz o Dark Tranquility. Como foi produzir este álbum?

Jakhangir: ‘Future: The Return’ também foi produzido por nosso baterista Rahimov e por mim, mas a mixagem e masterização foram feitas pelo grandíssimo engenheiro de som dinamarquês Jacob Hansen em seus estúdios

Caterine 13: Como está a agenda da Silence Lies Fear para o fim de 2015? E sobre o futuro da banda, o que planejam?


Jakhangir: Nós temos planos de lançar nosso terceiro álbum em 2017 e por agora temos planos de mudarmos para um dos países europeus e continuar com nosso som.

Caterine 14: Para terminar nossa conversa, eu gostaria de desejar meu melhor à vocês todos e para a banda, é claro. Esse espaço final é para vocês, Silence Lies Fear!

Jakhangir: Muito obrigado novamente por suas palavras! Nos realmente gostamos! Desejamos tudo de melhor para todos os metalheads do mundo e agradecemos a todos que nos apoiam. Stay metal, pessoal!



Entrevista feita por: Caterine Souza

Postado por: Renan Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário