terça-feira, 15 de setembro de 2015

Grethor: Cloaked in Decay


Blackned Death Metal


Grethor, a voz de uma criatura que paira no inferno.

Cloaked in Decay é o nome do álbum da banda Grethor que conta com o vocalista Marcus Lawrence, um vocalista que consegue fazer uma sonoridade perturbadora com seu gutural que em alguns momentos fica agudo e em outros fica mais grave.

O trabalho da banda é um EP e ele saiu via Independente em 2015 e conta com uma arte de capa magnífica.

Um bom trabalho sempre apresenta uma arte de capa impecável, uma arte que consegue sempre apresentar aquilo que o álbum quer dizer, quer gritar, o espelho da alma dos músicos, e nesse momento a arte mostra a obscuridade de cada um.

A primeira faixa do EP é intitulada “Wraith” e a sua introdução já deixa o clima um tanto diferente, mas logo depois a banda mostra que seu Blackned Death Metal está vivo e a bateria aparece trabalhando de forma rápida e trabalhando muito bem com os pratos, trabalhando em uma destruição sem fim.

Colocando ainda mais fúria em seu trabalho aparece a música “Misery of Ignorance” que tem um vocal logo de cara mais pesado e consegue deixar tudo mais interessante, a bateria continua trabalhando de forma muito rápida, mas dessa vez quem ganha ainda mais espaço é o pedal duplo que consegue ser destruidor.

Um ponto muito importante da banda é que ela consegue mostrar todos os lados do seu som, consegue colocar tanto o lado do Black Metal quanto o do Death Metal, e quando ambos estão juntos tudo fica ainda mais interessante, a música fica mais brutal, ganha mais poder e você consegue entrar na atmosfera destruidora que a banda está criando, Misery of Ignorance é um exemplo ótimo de como juntar o gutural fechado com um vocal mais aberto que consegue trazer a dor para a vida.

Com o título de “Somnia Malum Infinitum” a música não poderia deixar de ser carregada e ela consegue apresentar um lado mais cadenciado do som da banda, um lado que consegue mesmo sendo mais cadenciado, consegue te deixar dentro da obscuridade do Black Metal que a banda tanto cria e com isso você nota que o álbum vai ficando cada vez melhor e cada vez mais interessante.

Sempre é bom escutar uma banda que consegue deixar todos os instrumentos vivos, o baixo conseguimos escutar perfeitamente, sempre aparece deixando tudo muito denso e com muito poder. A guitarra consegue criar uma atmosfera carregada para a música que faz você entrar mais ainda na atmosfera que a banda cria, e o vocal junto da bateria que é extremamente rápida consegue fazer o lado do caos e do inferno, os berros são realmente muito bem colocados nas músicas.

Para encerrar o EP aparece a música “Monody for Artemis 2015” que tem um vocal que lembra muito o Depressive Black Metal, mas que conseguiu combinar perfeitamente, encerrando da melhor forma possível o EP por ser uma música com uma melodia mais grudenta, um trabalho bom da banda Grethor.




Postado por: Renan Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário