segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

StaliNO: Seven Voices



Technical Death Metal



StaliNO, o caos dentro do Technical Death Metal.

A Ucrânia apresenta uma grande quantidade de bandas, em sua maioria de qualidade e de muita técnica, e o StaliNO aparece entre elas para mostrar que seu Technical Death Metal tem tudo para ser lembrado.

Em seu álbum “Seven Voices” que saiu via Coyote Records que é um selo muito potente carregando bandas como Bursa Lamb que é uma das revelações mais impactantes desse ano, Tu Carne, Revilement e uma lista sem fim de extremo peso, a banda conseguiu com o Seven Voices mostrar um lado ainda mais brutal do que no primeiro trabalho, o EP intitulado “Conflict” que saiu via Eclectic Productions.

Seven Voices começa com uma brutalidade muito grande, um gutural que consegue jogar sua alma extremamente para baixo, uma música que consegue puxar da forma mais impactante possível seus sentimentos, a guitarra consegue apresentar uma sonoridade gritante e muito digna do que é o Technical Death Metal.

One Trail, a segunda faixa do álbum, aparece trazendo um lado ainda mais Technical Death, esse álbum consegue mostrar bem a qualidade de todos os músicos, a bateria consegue fazer uma construção totalmente interessante, uma sonoridade que chega no lado mais seco, em alguns momentos a sonoridade se torna mais densa, mas sempre muito rápido, sempre trabalhando com a velocidade mais impactante possível, o baixo aparece muito nítido na música, esse álbum consegue se tornar cada vez melhor, cada música, cada momento, cada urro, tudo tornando esse álbum, cada vez mais sólido.

The Head Cut off in Dreams é a terceira faixa do álbum e não poderia deixar faltar nada, não poderia deixar a sonoridade se tornar fraca, e essa banda não deixou, essa música consegue apresentar uma guitarra ainda mais gritante, ainda mais atordoante, uma música melhor que a outra e essa não poderia ser diferente, o vocal aparece muito pesado, um gutural que conseguiu evoluir muito de um trabalho para o outro, em alguns momentos o vocal que já consegue transmitir um peso muito grande, fica ainda mais denso, ainda mais profundo, fazendo uma onda de sangue lavar seu corpo em segundos.

Seven Voices conta com uma mudança que ficou nítida, a saída do vocalista Eugene Grachyov que ficou no EP, Eugene Grachyov consegue transmitir um vocal muito interessante, um ótimo vocalista que conseguiu fazer do EP ainda melhor, mas o peso e a profundidade brutal colocada na música por Motona consegue fazer com que o Seven Voices seja um álbum ainda mais interessante, ainda mais destruidor, StaliNO consegue trazer uma mudança de vocal que se tornou ainda mais sólida dentro dos tempos.

A qualidade da banda não está ligada apenas com o vocal, muito longe disso, a banda consegue mostrar uma linha extremamente extrema que consegue fazer você se sentir dentro do caos, dentro da guerra, a sua alma perde o lado calmo e você começa a sentir seu sangue ferver, a bateria da banda é algo realmente admirável, uma forma brutal e com muita técnica de executar o trabalho sem que falte nada e consiga completar a sonoridade do baixo que consegue ser denso ao extremo trazendo o caminhar do exercito mais brutal já visto, uma musica melhor que a outra e uma música mostrando mais e mais da técnica do guitarrista que consegue fazer a sonoridade ser gritante em alguns momentos e em outros momentos lembrando até o Brutal Death Metal com tanto peso junto do vocal, uma banda completa.

Datura é uma faixa que consegue mostrar bem o que é o Technical Death Metal da banda, uma música que tem uma velocidade interessante, mas que não apresenta uma linha cansativa, uma música que consegue fazer a velocidade crescer e quando ela fica mais densa, não perde a qualidade, a banda realmente sabe trabalhar.

Buried in Abortion é a última música do álbum e a banda não poderia deixar essa faixa ser fraca, a qualidade dessa música é impecável, uma destruição pura, e o baixo ganha ainda mais espaço, ainda mais força, ainda mais impacto, esse álbum encerra da melhor forma o trabalho da banda, fazendo o mundo underground do Technical Death Metal ser ainda mais completo.




Postado por: Renan Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário