quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Goregast: La Revancha



Grindcore/Death Metal


O Grindcore apresenta uma banda que é simplesmente genial, e o nome dessa obra prima é Goregast.

Goregast é uma banda um tanto underground, porem, ela consegue chamar muita atenção com seus trabalhos por conseguir colocar o seu som totalmente Grindcore e mesclar com o lado mais trabalhado do Death Metal.

Um dos mais brilhantes trabalhos do Grindcore, é o álbum “La Revancha” que saiu em 2007 via Hecatombe Records.

Um dos principais motivos do La Revancha ser um dos melhores álbuns do mundo do Grindcore/Death Metal, é que a banda conseguiu colocar dês do começo uma arte de capa totalmente bem feita, uma arte que consegue puxar tudo que tem de dor e tortura em uma arte vermelha do sangue real com a cara de um cachorro abrindo uma pessoa.

A primeira faixa do álbum é intitulada “Intro De Revancha” que é uma faixa totalmente atmosférica, focando logicamente no instrumental, um instrumental que consegue deixar tudo muito bem preparado para a dor, para o sofrimento que está por vir.

Animalismo, essa é a segunda música e ela já começa provando o motivo do porque esse é um dos melhores álbuns desse gênero, a música tem uma bateria totalmente bem trabalhada, uma batida forte sem deixar você sentir sono, um vocal totalmente fechado, um gutural da melhor qualidade, você consegue entrar na proposta da banda e consegue cair em uma imaginação de que animais estão tomando conta de tudo enquanto eles estão fazendo seu corpo de objeto de tortura, realmente uma banda das melhores.

Solo Asesinos tem uma sonoridade totalmente diferente, mas uma sonoridade diferente que traz a cara da banda e por mais confuso que isso seja, a banda mostra que a sua guitarra é totalmente bem trabalhada e tem um peso muito impactante, um vocal que dessa vez aparece de duas formas em alguns momentos totalmente brutal, totalmente seco em um gutural profundo e outros momentos totalmente rasgado fazendo com que a sonoridade seja ainda mais perturbadora, a banda sabe trabalhar e por isso carrega o ouro do Underground do Grindcore.

Varg Sucks Varg tem uma sonoridade magnífica, uma tenebrosidade tremenda que consegue fazer você entrar na fúria da banda e se sentir um torturador, você quer pegar sua vítima e amarrar ela em seu porão e fazer ela sofrer de todas as formas possíveis, essa música apresenta um gutural totalmente mais trabalhado e muito mais puxado para o Grindcore, uma música magnífica que faz você querer escutar mais e mais do álbum, uma forma em que você não se cansa, a música tem um andamento excelente, não é apenas uma música que fica sempre na mesma, essa banda sabe criar coisas diferentes, sabe fazer uma sonoridade bem diferente, sabe fazer um Grindcore da melhor forma possível.

Sorry, I Damaged Your Brain é uma das músicas que tem a sonoridade mais pesada, ela tem um baixo totalmente puxado para o lado obscuro da sua mente, uma forma muito impactante de criar, La Revancha é uma obra prima sem fim.

Pelt Coat Fuck Off! é uma obra prima desse álbum, a música tem um andamento muito brutal, essa é talvez a música que mostra o melhor lado Death Metal da banda junto do Grindcore seco e tradicional, a banda consegue dar vida para o gutural mais fechado nessa musica que representa o lado mais Death Metal das antigas e o gutural mais rasgado, um drive na verdade, é totalmente trabalhado e traz o Grindcore clássico, uma música sensacional que não deixa faltar absolutamente nada, a guitarra consegue fazer uma melodia totalmente obscura ao fundo.

Para encerrar o álbum sem ser com a faixa atmosférica a banda escolheu a torturante “Gusano Sangroso” que consegue trazer um gutural totalmente diferente, um gutural muito bem trabalhado e que mostra como se um monstro estivesse vivo e correndo por todos os cantos procurando algo para matar e comer, a banda é realmente sensacional e encerra esse álbum da melhor forma possível, uma obra prima que não tem fim e que ficará para sempre marcada.




Postado por: Renan Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário