domingo, 24 de agosto de 2014

Miseo: Lunatic Confessions


Death Metal


Do mais profundo local do underground da Alemanha a banda Miseo nasce e mostra para o mundo o motivo pelo qual esse país é um dos melhores quando o assunto é Metal.

Em seu ultimo lançamento intitulado “Lunatic Confessions” a banda não deixou dúvidas de como seu som ficou ainda melhor conforme o tempo, tempo que fez muito bem pra banda montar algo realmente surpreendente.

O primeiro trabalho da banda foi um EP intitulado “The Dead Will Predominate” que saiu via Blacksmith Records e sem deixar em momento algum a sonoridade ficar fraca esse EP mostrou que a banda teria um grande futuro, e hoje nós podemos ver que o futuro estava certo quando olho e disse que essa banda seria impactante e surpreendente.

A primeira música do álbum “Lunatic Confessions” que saiu via Blacksmith Records é sensacional, lembrando que no caso a música é a primeira depois do instrumental que pouco tem de tempo então acabou não tendo muito impacto, mas deixando claro que o trabalho é muito bem feito no instrumental.

A primeira música intitulada “Daddy´s Girl” tem uma guitarra totalmente densa, uma guitarra que consegue transmitir energia e junto do gutural do vocalista que consegue transmitir também muita energia a banda consegue criar algo quase que lunático, uma forma impactante de fazer seu som e conforme você vai escutando mais você entra na alma da música, e essa faixa para ficar ainda melhor conta com um momento um solo de guitarra que faz com que tudo se torne ainda melhor, ainda mais bem feito e logo após isso o gutural consegue puxar ar direto do inferno e soltar um urro que pode ser escutado antes de por o álbum pra tocar, um gutural realmente excelente.

A porrada na cara não termina por aqui e logo em seguida vem a música muito potente e com muita pegada que é a “Greed Kills” essa música tem uma construção bem clássica do Death Metal, mas é uma formula que pra sempre será certeza que será bem vinda, uma bateria rápida trabalhando super da melhor forma com o pedal e com os pratos, a guitarra sempre criando riff’s excelentes e pesados e o baixo deixando tudo mais confortável dentro do caos, o gutural cada vez mais fechado e mais denso tudo colaborando para a música ser algo realmente única mesmo seguindo a formula mágica do Death Metal.

Lunatic Confessions começa de forma mais melódica com uma guitarra trazendo uma sonoridade mais leve junto dos pratos da bateria, mas isso é apenas a introdução, depois já começa os gritos atordoantes que fazem o Death Metal ser algo realmente respeitado mais do que já é e faz esse gênero se tornar o melhor.
O gutural aparece nessa música de forma mais brutal, de forma que faz sua alma pular todo momento, mas a velocidade na batida seca da bateria ajuda com que tudo se torne melhor, uma música realmente impecável, e quando o vocal grita Lunatic Confessions a música se torna totalmente grudenta e sua mente consegue absorver ela pra sempre da forma mais atordoante possível.

Skin Dress começa com um simples e breve solo de bateria e logo depois nasce a guitarra criando um som totalmente destruidor, um som que faz você querer quebrar tudo, uma música que não tem frescura, uma banda que tem o sangue gelado da Alemanha que tão linda banhada com neve fica nos invernos, uma música sensacional com gutural destruidor em um álbum tão impecável quanto poderia ser.

Realmente essa banda mostrou o quanto ela se superou, o quanto ela conseguiu se tornar mais sólida e mais única, e com a música “Ueberzucht und Untergang” a sonoridade já está em um andamento diferente, tudo está mais rápido, o vocal está mais aberto, porem está seguindo ainda dentro do gutural, um gutural não tão denso, mas um gutural que consegue transmitir mais intensidade, tudo está da melhor forma possível e conforme a música vai acontecendo a energia vai ficando maior, a formula do poder nunca acaba com essa banda.

Se você está procurando densidade então na música “Harlots For God” você vai achar uma densidade excelente, um baixo totalmente destruidor, uma guitarra totalmente distorcida, mas sempre trazendo uma melodia excelente que dentro do caos faz muito sentido, uma forma em que você consegue entrar perfeitamente no mundo da banda, essa banda não pode ser considerada a melhor, ela está muito longe de ser a melhor, até porque o melhor existe de forma particular, mas sem duvidas essa banda se alguém esta querendo conhecer mais a fundo o Death Metal é uma excelente dica, uma dica que não enjoa e não deixa em momento algum você com o ouvido saturado do som, realmente uma banda destruidora que carrega a linda bandeira da Alemanha.





Postado por: Renan Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário