domingo, 27 de abril de 2014

Actum Inferni: Kres panowania ery ludzi



Dês do começo dos tempos o mundo do Metal teve certos países que mostraram as melhores bandas, os mais criativos grupos e artistas, e nessa leva toda, certos países acabam conseguindo lançar artistas que atingem um patamar incrível, e a Polônia é um dos principais países quando se trata do Metal extremo.

A estrela Polonesa do Death Metal é algo incrível e único, constituída por Decapitated, Behemoth, Vader, Hate e Lost Soul, mas a Polônia não fica com grandes nomes apenas no Death Metal, ela também traz nomes e artistas sensacionais em outros gêneros, e um deles é a banda “Actum Inferni”, que apresenta um Black Metal totalmente turbulento e único.

É espantoso saber que a banda tem uma carreira não muito grande, e mesmo tendo apenas um lançamento antes da DEMO “Kres panowania ery ludzi”, que será o material que irei falar, ela já apresenta muita maturidade e muita qualidade, e sem dúvidas a banda conseguiu construir uma sólida base de ouvintes com uma sonoridade tão impecável e atraente pro lado saturado da alma.

Tão surpreendente quanto o fato de ser o segundo lançamento da banda, e o fato da DEMO “Kres panowania ery ludzi”, ter apenas 3 faixas, e conseguir chamar muita atenção com essas 3 faixas, pois são faixas sensacionais e muito bem construídas em seu lado obscuro e tenebroso puxando e trazendo para a vida o Black Metal mais retalhado e antigo possível.

A primeira faixa da DEMO já começa sem perder a angustia e a euforia, a faixa tem o título da DEMO “Kres panowania ery ludzi”, e assim que você começa a escutar a música você já entra no clima de muita retaliação, principalmente guiado pela bateria que castiga os pratos.
A sonoridade rústica é um toque muito atraente, são poucas as bandas que conseguem em logo seu segundo trabalho lançar músicas tão boas, e esse lado que surpreende mostrou nesse trabalho que a qualidade dos músicos é perfeita, inquestionável o talento.
O vocal da primeira faixa deixa claro o tom de dor e fúria na música, e com esse Harsh Vocal excelente no tom perfeito, ele faz com que a música não fique cansativa e a música ganha um momento de melancolia que é lindo e gruda na sua mente da melhor forma possível, fazendo você querer ouvir mais e mais da banda.

A faixa seguinte que é a faixa de número 2 tem o maior tempo de duração, e com 7 minutos a faixa intitulada “Propaganda Nienawiści” ganha um tempo maior para evoluir suas ideias tão boas e criativas, e não se engane em achar que só porque a música é maior que ela vai ser cansativa, pelo contrário, ela é muito elétrica e intensa.
A banda conseguiu retratar muito bem o que é o Black Metal nessa música, uma sonoridade rústica, como se estivesse sendo tudo gravado no gelo, e é interessante notar como a banda consegue atingir a melodia tão perfeita da guitarra em riff’s tão rápidos e ao mesmo tempo conseguir fazer um som tão saturado e cadavérico, o vocal nessa música é algo admirável também, principalmente pelo fato de ser intenso e em certos momentos o Harsh Vocal de pura agonia ganha um apoio do Gutural, dando uma atmosfera extremamente excelente para
“Propaganda Nienawiści”, a bateria também é sensacional e incansável, uma verdadeira metralhadora.

E para encerrar essa excelente DEMO foi escolhida a faixa “Ostateczna krucjata sił ciemności”
Uma faixa que entra em perfeita sintonia com a arte de capa, um retrato da Morte andando no gelo, isso já diz tudo o que é representado nessa música, uma sonoridade totalmente destruidora e sem piedade, uma forma impecável de encerrar um trabalho único.



Postado por: Renan Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário